New York, New York

Foi preenchendo o formulário de registro de chegada/declaração de bens dentro do avião que eu finalmente entendi “New York, New York” de Sinatra: cidade e estado. Sim, até então eu jurava que era apenas uma repetição estilística para a música – < chaves > ai que burra dá zero pra ela! < / chaves >

A decisão de viajar foi na base do “nossas milhas estão expirando precisamos viajar então vamos, okay vamos“. E fomos. Alugamos uma kitnet de 30 metros quadrados super charmosa na Orchard Street, uma espécie de Rua Augusta nos anos 90, e foi uma experiência local deliciosa. Pela primeira vez resolvemos testar o aluguel através do airbnb e deu super certo, nenhum stress durante o processo.

Desembarcamos no dia 29 de março, e a sensação foi muito surreal: por um lado, parecia que eu já conhecia Nova York como a palma das minhas mãos; por outro, ficava fascinada com cada detalhe do desconhecido. A cidade é linda, cheia de coisas para ver, com a mesma proporção de pessoas comuns e peculiares, muitos lugares para descobrir e muitas coisas pra fazer.

Agora vamos parar mais um pouco para falar da Orchard Street: considerada o coração do Lower East Side, a rua está em uma ótima localização para quem procura uma experiência mais “real” e nativa da cidade, longe de pontos turísticos e da loucura do centro. Entre Chinatown e East Houston Street, a Orchard cobre oito quadras de restaurantes, pubs, bares, baladas underground, lojas de roupas, malas, retail e casacos – aliás, tivemos uma das experiências mais enriquecedoras da viagem apenas a alguns metros do apartamento, na loja onde compramos nossos casacos de lã pra não congelar no atípico frio da transição do inverno para a primavera. Mas essa história eu conto depois. E tem ~muita~ gente de várias nacionalidades e estilos passeando por lá o dia inteiro.

Como chegamos no começo da noite de sexta, só andamos um pouquinho pelo quarteirão e jantamos em um dos lugares mais icônicos de NY: Katz’s Deli. Mas isso eu também vou deixar pra falar em detalhes em outro post, sobre todos os lugares gostosos pra comer. Por enquanto, deixo vocês com algumas imagens desse primeiro dia na cidade que nunca dorme. :)

New YorkNew York

Manhattan vista da ponte de Williamsburg (beijos, Max Black!)

New York

Pela janela do apartamento

New York

O interior do apartamento: decoração bonitinha com direito a balanço/rede e um espelho de rococós!

New York

Amanhecendo :}