Resultados da busca por "game of thrones"

Game of Thrones – The Exhibition em Nova York

Dia 29 de março viajei para Nova York, e a viagem calhou com a abertura da exposição Game of Thrones na cidade. Hoje a expo desembarcou aqui em São Paulo, no Shopping JK Iguatemi, e fica até o dia 30. Cinco dias para ver mais mais de 70 artefatos utilizados durante as gravações da série, no segundo país com a maior base de fãs no mundo. Fora a burocracia  que impuseram para os interessados. Complicadíssimo!

A exposição em si é bem pequena, dá para ver todos os itens tranquilamente em uma hora e também tirar sua foto no Iron Throne. Ah, e sobre isso, funcionou da seguinte forma lá em Nova York: assim que você entrava no ambiente da exposição, era encaminhado para a fila da foto no trono e instruído a já ir tirando casacos, bolsas e pensar em sua pose. Quando chega sua vez, só dá tempo de sentar e fazer a pose, é coisa de cinco segundos. A produção do evento monta um micro estúdio com uma iluminação super bacana para tirar as fotos dos fãs, que são impressas na hora e também podem ser encaminhadas via redes sociais – tudo de graça! \o/

Enfim, como o esquema de entrada aqui no Brasil será bem diferente e dificultou a vida de boa parte dos fãs, acho válido mostrar um pouquinho os detalhes da exposição para quem não terá oportunidade de vê-la de perto – e também pra quem quer ter um gostinho do que  verá. Brace yourselves, awesomeness is coming!

Game of Thrones - The Exhibition NYC

(more…)

Um ano em seriados, filmes e documentários

Falhei miseravelmente na minha meta literária para 2015 (li apenas 5 livros *fuén*), mas passei muitas horas em frente ao Netflix e PopcornTime vendo filmes, seriados e documentários diversos. Sempre acompanhei vários seriados ao mesmo tempo, mas no começo desse ano me bateu a vontade de registrar tudo o que eu assistia no Listography. Tenho certeza que esqueci de algumas coisas (o registro foi um pouco falho, haha), mas aqui está a pequena listinha de coisas que eu encarei assistir esse ano.

Meus favoritos estão em negrito, e super recomendo caso você ainda não tenha assistido. Dá pra imaginar quanto tempo de vida eu “gastei” só pelas 3x que assisti as 10 temporadas de Friends e as 9 temporadas de HIMYM inteiras, hahah #IregretNothing.

tvallday

gif raptado da Duds (Nick Miller <3)

Seriados

* Brooklyn Nine-Nine (s1 & s2)
* Lost Girl (s5)
* RuPaul’s Drag Race (s7)
* Gossip Girl
* How I Met Your Mother (tudo, 3x)
* Friends (tudo, 3x)
* That 70’s Show
* Vikings (s3)
* Salem (não terminei)
* Outlander (s2)
* Girls (s4)
* New Girl (s4)
* Unbreakable Kimmy
* Grey’s Anatomy (s12)
* Game of Thrones (s5)
* Orphan Black (s3)
* Orange is the New Black (s3)
* Chef’s Table
* The L Word (s1-3)
* My Mad Fat Diary (s3)
* Hjørdis
* Rita
* Frankie & Grace
* Wilfred
* Buffy the Vampire Slayer (s1-4)
* Angel (s1)
* Narcos
* Sense8
* Hit Record on TV
* Penny Dreadful
* Gilmore Girls (s1-s6)
* Jessica Jones
* Master of None
* American Horror Story Hotel
* Hannibal (s1 e s2)
* Daredevil (s1)

Filmes

* The Help
* The Hobbit – Battle of the Five Armies
* Celeste and Jesse Forever
* Chelsea Peretti: One of the Greats
* Fight Club
* The Reader
* Slumdog Millionaire
* Bride Wars
* KIll Bill
* Birdman
* Whiplash
* Amelie Poulain
* Frances Ha
* The Hunger Games
* The Hunger Games – Catching Fire
* The Hunger Games – The Mockingjay 1
* Mordecai (não terminei, não estava curtindo no dia)
* The Imitation Game (também não vi até o fim)
* Wild
* Horns
* Eleanor Rigby – Her
* The Devil’s Rejects
* Guardians of the Galaxy
* The Age of Adaline
* The Perks of Being a Wallflower (2x)
* Hedwig and the Angry Inch

Documentários

* Dance for me
* Beyond Clueless
* What Happened Miss Simone?
* Kurt Cobain: Montage of Heck
* Back in Time: a Back to the Future documentary
* Winter on Fire
* Iris
* Bill Cunningham New York
* Que Horas Ela Volta?

 

Quais desses você também assistiu em 2015? Já comecei o registro de 2016, inclusive, então pode deixar suas recomendações aí nos comentários pra engrossar minha lista. :)

5 Séries para assistir em 2015

O ano até pode estar pela metade, mas a compulsão por assistir seriados não tem dia nem hora para bater, não é mesmo? Ainda dá tempo de conferir essas indicações e, quem sabe, acompanhar mais alguns shows novos no Netflix ou no PopcornTime! xD

seriados_vikings

Vikings: se você gosta de Game of Thrones, Vikings é uma opção levemente menos violenta – e quase com precisão histórica. Inspirado em contos da Era Viking, a série conta a trajetória e conquistas do herói nórdico Ragnar Lothbrok pelo norte europeu e nos dá um vislumbre da sua cultura e tradições. As paisagens incríveis são outro motivo forte para acompanhar [apesar de serem um pouco enganosas, já que as filmagens ocorrem na Irlanda – vide a foto que a sortuda  da Taís conseguiu tirar com o Travis Fimmel! haha]. Se nada disso te convencer, talvez as mulheres guerreiras (shieldmaidens) que não temem nenhum barbudo com cara feia ajudem.

Paula Abrahão | BLOG - 4 Séries para Assistir em 2015

Orange is the New Black: eu seeeei, todo mundo já conhece ou pelo menos ouviu falar. Na verdade, OITNB nem ia entrar para a lista justamente por ser tão famosa, mas a temporada nova tem reflexões tão marcantes que ficou impossível ignorar. A primeira temporada é lenta e chatinha (na minha opinião), mas os episódios e as histórias das personagens melhoram consideravelmente. Coincidência ou não, assim que o Jason Biggs sai de cena – e assim que os episódios param de ser tão centrados na experiência da Piper (detesto! hehe) – tudo fica beeeem melhor. Resumindo, aguentem a primeira temporada e persistam, pois vale a pena! hahah

Paula Abrahão | BLOG - 4 Séries para Assistir em 2015

Brooklyn Nine-Nine: o humor nonsense americano é perfeito para aqueles momentos onde queremos assistir algo curtinho e leve, sem precisar prestar muita atenção. Brooklyn Nine-Nine mostra o cotidiano de um detetive que não leva nada a sério em uma delegacia no distrito de Brooklyn, em Nova York. É a melhor série de comédia do mundo? Definitivamente não, mas é um passatempo divertido e uma boa opção para “limpar o paladar” entre seriados longos. Andy Samberg também é um outro bom motivo (podem me julgar, acho ele fofo…).

Paula Abrahão | BLOG - 4 Séries para Assistir em 2015

My Mad Fat Diary: indo para sua terceira (e última) temporada esse ano, MMFD não é só mais uma série adolescente que se passa nos anos 90. Os conflitos supostamente juvenis de Rae falam para uma audiência muito maior e são extremamente relevantes — especialmente em uma era onde somos conectados e digerimos informação/opinião 100% do tempo. Aparência, amor próprio, depressão, aceitação… não consigo contar quantas vezes os episódios me fizeram chorar e pensar sobre como eu vejo a mim, meu corpo e o mundo ao meu redor. É um pouco difícil de encontrar para download ou stream, mas vale o esforço. Menção honrosa para a trilha sonora dos episódios, fucking gloriosa! Esse masterpost no tumblr tem links para os episódios de todas as temporadas, mas não sei se estão funcionando. 

Paula Abrahão | BLOG - 4 Séries para Assistir em 2015

Sense8: Se você ainda não está assistindo, provavelmente já deve estar de saco cheio de tanto ouvir falar nele, né? É ficção científica estilo Fringe/Lost, tem muito girl power e cenas muito vívidas de sexo e violência (então já fica o aviso se você tem sensibilidade com essas coisas). Os sensates são oito pessoas ao redor do mundo que, de repente, encontram-se psicologicamente conectadas umas às outras, tentando entender o que está acontecendo com elas e – claro – sobreviver às ameaças de outro grupo que tenta exterminá-los. Ainda não tenho certeza se é uma série muito sem noção ou muito incrível. Na dúvida, assista e tire suas próprias conclusões. Eu curti muito a primeira temporada e já estou curiosa pela próxima!

Quais dessas você já viu ou acompanha? Comecei a re-assistir Buffy❤ também, que acabou há onze anos e até hoje não superei, hahah. Acompanho um monte de séries, mas sigo aceitando novas recomendações. Conta pra mim quais entrariam na sua lista (vale fazer post no blog também e me passar o link pra visitar)!

Links da semana #1

Começando uma tag nova para compartilhar posts e coisas bacanas que encontro passeando pela internet. Já vi em alguns blogs (Sernaiotto e Teoria Criativa, por exemplo!) e achei a ideia ótima.

É sempre legal divulgar conteúdos interessantes, né? Espero que vocês gostem da seleção e que seja útil de alguma forma. ;)

  • Quer Aprender sobre o feminismo? – A Gabi Barbosa fez uma seleção incrível de vários links, podcasts e textos para entender melhor o que é o feminismo e se educar sobre. Vale a leitura atenciosa de cada um deles.
  • Itinerário Game of Thrones na Irlanda do Norte – conhecer a Irlanda do norte & os locais das gravações de uma das séries mais famosas atualmente, já pensou que incrível?
  • 4 Mitos Sobre a Holanda que Todo Mundo Acredita – o Daniel Duclos tem um blog ótimo sobre a vida nos Países Baixos, e nesse post ele desmistifica algumas crenças muito comuns que costumam ter sobre a Holanda/Amsterdam.
  • A Month of Breakfast – ideias gostosas e rápidas de smoothies nutritivos para o café da manhã ou lanche da tarde. Perfeitos para aqueles dias quando acordamos atrasados ou sem vontade de fazer qualquer coisa complexa. [em inglês]
  • Tutorial de Aquarela – comecei a me aventurar com aquarelas mês passado e estou adorando! Essa série do blog The Alison Show ajuda bastante a entender os primeiros passos, desde material necessário até técnicas básicas para construir cores e intensidades. [em inglês]

Leu algum post bacana e imperdível por aí? Deixe o link aqui nos comentários, por favor, vou amar conhecer mais blogs e pessoas! :)

Valente

Nada de profecias Maia, olimpíadas ou a vitória do curíntia na libertadores (era isso? ah, sei lá). Tinha duas grandes expectativas para 2012, que eram a segunda temporada de Game of Thrones e o lançamento do primeiro conto de fadas da Pixar, o filme Brave.

Esse domingo fui assistir e achei lindo! Procurei não ler muitas resenhas para não estragar a surpresa do enredo, e foi uma boa decisão para me manter longe de opiniões externas. Tudo o que eu sabia era que Merida já tinha roubado meu coração há muito tempo com seu cabelinho ruivo rebelde.

A história me surpreendeu por não ser exatamente o que eu tinha imaginado. Na verdade, analisando friamente, a Merida nem é assim tão fodona quanto eu pensei – a estrela do filme e personagem realmente corajosa é sua mãe, a rainha Ellinor. De qualquer forma, a animação é impecável (certamente a mais bem feita da Pixar até o momento), a trilha sonora é um carinho para os ouvidos e a história consegue divertir a todos, mesmo que você não se apaixone pelo enredo ou pela personagem principal.

Tudo digno de um estúdio que criou um software apenas para animar individualmente todos os 1500 os cachos de sua heroína escocesa. ♥

E você, já assistiu também? Conta aqui nos comentários o que você achou! :)

Merida - por Paula Abrahao

Imagem feita por mim :P

Aloka dos gatos #1: O dia que virei mãe de gatinhos

Tudo começou na última semana de Dezembro, quando uma amiga querida do Rio resgatou uma gatinha com pouco mais de um mês de dentro do capô de um carro no aeroporto. A pequena “dirigiu” cerca de 50km ao lado do motor do carro, no calorão do Rio. Foi resgatada, desmaiou, estava toda imunda de graxa, mas foi cuidada e ficou bem. Começou então uma forte campanha da parte dessa amiga para que eu e o namorado adotássemos a pequena, que estava abrigada temporariamente. E tem como dizer não à uma gata assim?

Oi, eu sou a Arya!

No dia 14/01 a pequena fez a “ponte terrestre” RIO-SP, dessa vez dentro da caixinha de transporte, e chegou em casa toda medrosinha mas toda curiosa. Em poucas horas ela já estava ronronando em nosso colo, distribuindo carinho e atenção com aqueles olhos esverdeados e gigantes de lêmure. Ah sim, o nome da pequena é Arya, inspirado na personagem Arya Stark de Game of Thrones; uma criança igualmente corajosa e forte. E lhe caiu tão bem! Arya é carinhosa, curiosa, sapeca e toda molecona.

Ficamos tão apaixonados com a presença dela que na mesma tarde fomos à procura de um segundo gatinho, e acabamos adotando o Jamie, um yellow-tabby com cerca de dois meses e meio. Fomos buscá-lo em uma casa quase lá em São Caetano, ele havia sido resgatado na noite anterior e não sabemos nada sobre sua história. Ele estava escondidinho no fundo de uma gaiola, morrendo de medo, ficava miando baixo e sentido quando o pegamos no colo – e também em todo o caminho pra casa. Chegou lá aterrorizado, correndo pra baixo de todos os móveis e soltando vários “hiss” pra Arya, mas logo vimos que era só pose e que ele estava morreeeeendo de vontade de brincar com ela.

Jamie & Arya

Em 24h ele já estava mais confortável e em menos de 1 semana dominou a casa, virou nosso reizinho dengoso que reclama por carinho o dia inteiro. E é assim que eu quero começar o diário Aloka dos Gatos: com as boas lembranças da chegada dos pequenos em casa. Tem muitas molecagens, dúvidas e descobertas que eu quero compartilhar com os recentes, futuros e veteranos pais de felinos, então preparem-se para uma ocasional overdose de fofurice! :D